Anselmo Mendes Expressões Alvarinho Branco 2018

RIEDEL Mind the Glass

Vinho Verde – 13% – PVP: 22 Euros – Nota: 94/18,5

De cor amarela-esverdeada. Nesta colheita mostram-se os aromas florais, a fruta cítrica, leves especiarias e muita mineralidade. O palato confirma a fruta cítrica muito fresca, devido à acidez marcada, delicadamente envolvida em especiarias. O final é longo e persistente.

Esta referência revela alguma austeridade, muito equilíbrio e elegância. Para beber já ou guardar por bastantes anos.

Vinificação: As uvas foram desengaçadas e fermentaram em barricas novas de carvalho francês de 400 litros. O vinho estagiou em barricas durante 9 meses, com “bâtonnage”, sobre borras totais. Antes de ser lançado no mercado estagiou 9 meses em garrafa.

Casta: Alvarinho.

Aspeto: Pálido e amarelo-esverdeado.

Nariz: Intensidade média, leve flor de laranjeira, casca de laranja, leve toranja, biscoito, leve pimenta branca, leve salino e sílex.

Boca: Seco; acidez alta; álcool médio, corpo médio, intensidade média(+), lima, leve pimenta branca e final longo.

Enólogo: Anselmo Mendes

Produtor: Anselmo Mendes Vinhos.

Projeto: Anselmo Mendes nasceu e cresceu em Monção mas licenciou-se em Engenharia Agro-Industrial em 1987, pelo Instituto Superior da Universidade Técnica de Lisboa, e, mais tarde, pós-graduou-se em enologia pela Universidade Católica. Recentemente, o produtor adquiriu a Quinta da Bemposta, uma propriedade com 62 hectares sendo 40 de vinha, próxima de Monção, com o objetivo de recupera-la para a transformar num complexo vínico. Os vinhos, contudo, continuam a ser vinificados em Melgaço, numa adega com capacidade instalada para 800.000 litros.

Condição de Prova: Sem acompanhamento de comida.

Capacidade: Standard (0,75 L)

Temperatura de Serviço: 12º

Data de prova: 22/11/2021

Observações: Amostra gentilmente cedida pelo produtor.

Deixe uma resposta