Taylor´s Portonic Chip Dry and Tonic

RIEDEL Mind the Glass

Sem DOC – 5,5 % – PVP: 2,99 Euros – Nota: 80/16

Uma referência que mostra aromas e sabores cítricos e mel. O perfil semi-doce encontra-se bem balanceado com o gás. Uma bebida muito fresca, desempoeirada e descontraída. Perfeita para beber numa esplanada de verão ou como aperitivo.

Castas: Não divulgadas.

Vinificação: Mistura de vinho do Porto branco e água tónica.

Aspeto: Pálido, amarelo e efervescência.

Nariz: Intensidade média, lima, leve casca de laranja, leve mel, leve químico.

Boca: Intensidade média, meio doce, acidez baixa, bolha grossa, muito pouco álcool, corpo médio, lima, mel e final médio(-).

Temperatura de Serviço: 10º

Produtor: Taylor´s

Projeto: Em 1692, Job Bearsley chegou à cidade do Porto e rapidamente começou a exportar “vinho de Portugal” proveniente do Minho. No ano de 1744, um dos seus descendentes, comprou uma propriedade no Douro tornando-se num dos primeiros exportadores britânicos a fazê-lo.

Em 1824, Joseph Taylor tornou-se sócio da empresa e pouco depois seria o único proprietário. Durante a sua gestão recentrou o negócio apenas no vinho do Porto e na procura de vinhos de qualidade.

Mais tarde, em 1836, John Fladgate, que se tornou sócio da empresa, fixou a residência no Porto e passados dois anos associou-se a Morgan Yeatman e a empresa assumiu a denominação atual: Taylor Fladgate & Yeatman.

Condição de Prova: Sem acompanhamento de comida.

Capacidade: 0,25 L (Lata)

Data de prova: 5/7/2021

Outras considerações: Amostra gentilmente cedida pelo produtor.

Deixe uma resposta