Quinta do Monte D’Oiro Reserva Rosé 2018

RIEDEL

Lisboa – 13% – PVP: 21 Euros – Nota: 91+/18 92/18

Um vinho aromaticamente muito bem definido, muito complexo e pouco exuberante no qual se destacam os aromas florais e frutados. No palato revela fruta muito fresca, boa complexidade e delicadeza.

É um dos rosés mais equilibrados e prazenteiros do mercado.

Ao fim de três anos em garrafa, os aromas e sabores a fruta e a especiarias são agora menos intensos e menos complexos, no entanto a sensação de frescura e aumentou consideravelmente.

Este rosé está agora num excelente momento para ser consumido.

Projeto: A Quinta do Monte D´Oiro está localizada na região de Lisboa e é uma referência desde o século XVII na produção de vinhos. Em 1986 foi adquirida pelo gastronómico José Bento dos Santos.
O projeto tem atualmente duas gamas de vinhos: Quinta do Monte d’Oiro e a Família Originals de José Bento dos Santos.

Vinificação: As uvas foram prensadas diretamente e apenas foi usado o “mosto-gota” que fermentou com temperatura controlada em cubas de aço inox. O vinho estagiou em barricas de carvalho francês de 500 litros, com “bâtonnage”, durante 6 meses.

Casta: Syrah

Aspeto: Pálido intensidade média e casca de cebola claro.

Nariz: Intensidade média(-), rosas, morango, framboesa e pedra molhadaleve pimenta branca.

Boca: Seco, acidez alta, álcool médio, tanino médio(-), corpo médio, intensidade média(+), morango, amora, leve pimenta preta e final longo.

Produtor: Quinta do Monte D’Oiro

Enólogos: Graça Gonçalves e Grégory Viennois (Apoio técnico)

Condição de Prova: Sem acompanhamento de comida. – Ao jantar.

Temperatura de Serviço: 11º – 12º

Data de prova: 20/6/2020 – 3/4/2021

2 Comments

Deixe uma resposta