Quinta do Crasto Tinta Roriz 2015

RIEDEL Garrafeira Fernando's Garrafeira Fernando's

Douro – 14,5% – PVP: 49,5 Euros – Nota: 93/18,5

Este vinho apresenta muitas camadas de aromas destacando-se a fruta madura e as especiarias. O palato confirma as primeiras impressões que se complementam com um estilo muito rico e profundo conferido pelos finos taninos, bom volume e grande estrutura.

Uma referência poderosa, muito sólida e cheia de garra mas que nunca perde o porte elegante. Um excelente exemplo revelador do potencial de uma casta de implantação verdadeiramente ibérica.

Projeto: As origens da Quinta do Crasto remontam ao século XVII. Em Novembro de 1918 foi adquirida por Constantino de Almeida, negociante de vinhos do Porto, e sua mulher, D. Laura Moreira de Almeida. Entre os anos de 1919 e 1922, Constantino de Almeida fez grandes investimentos na replantação de vinhas e procedeu a obras de reconstrução e construção.

Desde 2012, em complementaridade com a atividade vitivinícola, a Quinta do Crasto tem investido no enoturismo.

Vinificação: As uvas foram desengaçadas e posteriormente prensadas em lagar tradicional, as massas foram transferidas para uma cuba de aço inox com tampo aberto e pisantes mecânicos onde fermentaram durante 10 dias com temperatura controlada. O vinho estagiou em barricas novas de carvalho francês.

Casta: Tinta Roriz

Aspeto: Intensidade média e rubi.

Nariz: Intensidade média, esteva, leve caruma, ameixa seca, mirtilo, pimenta preta, resina, leve fumado e cacao.

Boca: Seco, acidez média(+), álcool médio(+), tanino áspero, corpo médio(+), intensidade média(+), ameixa, cereja, pimenta preta, e final longo.

Produtor: Quinta do Crasto

Enólogo: Manuel Lobo

Condição de Prova: Sem acompanhamento de comida.

Capacidade: 0,75 L

Temperatura de Serviço: 16º

Data de prova: 23/7/2020



Deixe uma resposta