Quinta de S. José Vinha Ruy Francisco Tinto 2015

RIEDEL Mind the Glass

Douro – 14,5% – PVP: 95 Euros – Nota: 95

A Quinta de S. José é um projeto familiar que começou em 1999, pela vontade de Ruy Brito e Cunha.

Em 2005, João Brito e Cunha comprou à família toda a área de vinha, mato e a marca Quinta de S. José para ele próprio assumir e se dedicar ao projecto da produção e comercialização dos vinhos.

A Quinta tem uma área de 10 hectares de vinha e a propriedade está integrada na área classificada “Vale do Douro Património Mundial da Humanidade”.

No início do ano de 2011, conjuntamente com a sua mulher, Sofia Prazeres, decidiram assumir a área do turismo de modo a poder criar sinergias entre os dois projectos.

Castas: Touriga Nacional, Sousão e Touriga Franca.

Aspeto: Intensidade média e rubi

Nariz: Intensidade média(-), leve esteva, amora, mirtilo, pimenta branca, cedro e noz moscada.

Boca: Intensidade média(+), seco, acidez média(+), tanino áspero,  álcool médio(+), corpo médio, amora, mirtilo, leve baunilha e longo.

Conclusão: Este vinho teve o condão de me surpreender logo nos aromas muito subtis e quase enigmáticos que apresentou. Gostei muito da subtileza do floral e da fruta madura mas fresca. Também apreciei de sobremaneira o trabalho que o enólogo realizou com as barricas, se por um lado temos um lote pouco marcado pela barrica, por outro lado, existe uma sensação de profundidade e atração que faz com que o movimento de levar o copo ao nariz seja demorado.

Ainda assim, é no palato que o vinho complementa o imenso prazer inicial. Muito embora, o vinho ainda apresente taninos evidentes, estes não comprometem uma prova cheia de intensidade na qual a fruta e a leve barrica se mesclam de forma subtil mas potente.

Um grande vinho que honra bem o passado da Quinta de S. José e o futuro do Douro.

Produtor: Quinta de S. José

Condição de Prova: Sem comida.

Capacidade: Standard (0,75 L)

Temperatura de Serviço: 16º

Data de prova: 15/4/2019

Deixe uma resposta