Quinta de Carapeços Espumante Blanc de Blancs Brut Millésime 2011

RIEDEL Mind the Glass


Vinhos Verdes – 12% – PVP: 12 Euros – Nota: 93

Este espumante é muito complexo. Os aromas a autólise conjugados com a fruta e mineralidade remetem para outras latitudes mais reconhecidas na produção deste tipo de vinhos. O palato confirma uma enorme explosão de sensações ligadas à mineralidade e ao estágio prolongado a que foi sujeito. A grande acidez e o final muito longo contribuem para fazer desta referência um caso muito sério, não só no panorama dos espumantes da região dos Vinhos Verdes, mas também a nível nacional.

Em suma, a casta Alvarinho também é capaz de fazer espumantes de qualidade mundial.

Casta: Alvarinho.

Aspeto: Pálido; bolha fina e persistente e dourado.

Nariz: Intensidade média, lima, ananás, pão torrado, pastelaria, biscoito, salino e pedra molhada.

Boca: Seco; acidez alta; álcool médio(-); corpo médio; intensidade média(+); bolha delicada e fina; lima, ananás; fermento de padeiro; cremoso; salino; pedra molhada e final longo.

Produtor: Quinta dos Carapeços

Projeto: A primeira referência feita à Quinta de Carapeços, que se situa na freguesia de S. Cristina, concelho de Amarante, data de 1338, ano em que uma filha de Martim Carvalho, Cavaleiro de Basto, casou com, João de Carapeços, assim chamado por ser o Senhor da Quinta com o mesmo nome. Em 1351, a propriedade foi vendida e, já no início do séc. XVII, passou a pertencer ao Mosteiro de São Salvador de Travanca. Atualmente a propriedade encontra-se na posse do advogado Miguel Pereira de Abreu.

Condição de Prova: Sem acompanhamento de comida.

Capacidade: Standard (0,75 L)

Temperatura de Serviço: 12º

Data de prova: 13/4/2019

Deixe uma resposta