Quinta das Bágeiras Pai Abel Tinto 2015

RIEDEL Mind the Glass

Bairrada– 14% – PVP: 72 Euros – Nota: 95+/19

Neste vinho destacam-se os aromas a maturação e a giz, logo seguidos pela fruta vermelha e pela discreta barrica. O palato mostra-se muito texturado pelos taninos ainda bem presentes. A fruta vermelha, mas muito fresca, está bem ligada com as finas especiarias e com a acidez marcada. Estruturado.

O vinho perdeu algum floral mas acentuou a sensação de sangue. Ainda continua jovem.

Mais uma excelente edição de um clássico bairradino, ainda muito jovem, capaz de elevar o nome da região bem alto.

Vinificação: As uvas não foram desengaçadas e fermentaram em lagar tradicional durante 10 dias. O vinho estagiou em barricas usadas durante 18 meses. Após o engarrafamento envelheceu em cave durante 3 anos antes de ser lançado no mercado.

Casta: Baga (80%) e Touriga Nacional (20%)

Aspeto: Opaco e rubi.

Nariz: Intensidade média, leve esteva, morango, mirtilo, pimenta preta, pimenta branca, giz, madeira exótica, leve sangue, couro, leve caruma e caixa de tabaco.

Boca: Seco, acidez alta, tanino áspero, álcool médio(+), corpo médio, intensidade média(+), morango, ameixa, pimenta preta, pimenta branca e final longo.

Produtor: Quinta das Bágeiras

Projeto: A Quinta das Bágeiras está sediada na vila da Fogueira, próxima de Sangalhos, nasceu em 1989 depois da família de Mário Sérgio Alves Nuno ter tomado a decisão de deixarem de vender as uvas, provenientes dos seus 12 hectares de vinhas, às caves da região. Com o passar dos anos, a família adquiriu mais 16 hectares na região e atualmente, o projeto conta com 11 vinhas de diferentes dimensões num total de 28 hectares.

Enólogo: Rui Moura Alves

Condição de Prova: Sem acompanhamento de comida – Ao almoço.

Capacidade: standard (0,75 L)

Temperatura de Serviço: 15º – 17º

Data de prova: 18/11/2020 – 19/3/2022.

Outras considerações: Amostra gentilmente cedida pelo produtor.

Deixe uma resposta