Quinta das Bágeiras Cercial 2016

RIEDEL Mind the Glass

Bairrada– 13,5% – PVP: 60 Euros – Nota: 93

O projeto Quinta das Bágeiras, sediado na vila da Fogueira, próxima de Sangalhos, nasceu em 1989 depois da família de Mário Sérgio Alves Nuno ter tomado a decisão de deixarem de vender as uvas, provenientes dos seus 12 hectares de vinhas, às caves da região.

Com o passar dos anos, a família adquiriu mais 16 hectares na região. Atualmente, o projeto conta com 11 vinhas de diferente dimensões num total de 28 hectares.

Casta: Cercial

Aspeto: Intensidade média(-) e amarelo-esverdeado.

Nariz: Intensidade média, feno, cereal, lima, leve pêssego, pimenta branca, salino e pedra molhada.

Boca: seco, tanino secante, acidez alta, álcool médio(+), corpo médio, intensidade média(+), lima, pêssego, cereal, salino e final longo.

Conclusão: Este vinho é aromaticamente discreto ainda assim é notória a fruta fresca, a elevada mineralidade e um pouco de oxidação.

No palato transforma-se radicalmente. A intensidade e a textura encontram-se bem presentes bem como a elevada acidez, a mineralidade e o final longo.

Um vinho muito sério num estilo oxidativo a que este produtor já nos habituou.

Face aos bons resultados deste e de outros produtores com a casta Cercial será que assistiremos, num futuro muito próximo, a uma proliferação de referências no mercado provenientes desta casta autóctone da Bairrada?

Produtor: Quinta das Bágeiras

Condição de Prova: Ao jantar.

Capacidade: standard (0,75 L)

Temperatura de Serviço: 13º

Data de prova: 19/9/2019

Deixe uma resposta