Quinta da Pellada Primus Branco 2017

RIEDEL

Dão – 13% – PVP: 34 Euros – Nota: 92+/18

De cor amarela. Esta referência apresenta aromas resinosos, fruta tropical, terra molhada e fruta de caroço. No palato mostra fruta de caroço, fruto seco e fruta tropical bem ligada com a textura, conferida pelos taninos, e acidez marcante.

Excelente representante dos vinhos de Talha e da sua tradição milenar.

Castas: Encruzado, Cercial, Bical, Verdelho, Malvasia, Terrantez, Cachorrinho, Douradinha, entre outras.

Vinificação: As uvas fermentaram em inox e em barricas usadas. O vinho estagiou durante 9 meses em ovo de cimento com as borras finas, seguindo-se mais 2 anos em garrafa.

Aspeto: Pálido e amarelo-esverdeado.

Nariz: Intensidade média(-), flor de laranjeira, pêra, cimento, pimenta branca e pedra molhada.

Boca: Seco, acidez alta, álcool médio, corpo médio, intensidade média(+), lima, pêra, leve pimenta preta e final longo.

Temperatura de Serviço: 13º

Condição de Prova: Sem acompanhamento de comida.

Projeto: As origens da Quinta de Saes remontam a 1258 e os vestígios da atividade agrícola datam de 1258. 

O Eng. Álvaro de Castro herdou esta propriedade em 1980 e dedicou-se exclusivamente a ela, reestabelecendo a tradição familiar na produção de vinho. Em 1989 lançou o seu primeiro vinho.

Produtor: Quinta de Saes

Capacidade: Standard (0,75 L)

Data de prova: 20/5/2021

Deixe uma resposta