Quinta da Manoella Vinhas Velhas Tinto 2018

RIEDEL

Douro – 14,5% – PVP: 80 Euros – Nota: 94+/18,5

De cor rubi. Mostra aromas pouco intensos a flores, fruta vermelha, especiarias, fruta preta, alguns herbáceos e alguns balsâmicos. No palato mostra fruta preta e vermelha fresca muito bem envolvidos pelos taninos texturados, leves especiarias e acidez muito marcante. Final longo e prazeroso.

Um vinho extremamente bem feito de perfil quase austero e sedoso. Uma das excelentes referências do Douro…que faz lembrar um Dão.

Castas: Cerca de 30 castas autóctones provenientes de vinhas muito velhas.

Vinificação: As uvas foram desengaçadas e fermentaram em lagar com pisa a pé durante 10 dias. O estágio e fermentação malolática decorreram em barricas de carvalho francês durante 20 meses.

Aspeto: Intensidade média e rubi.

Nariz: Intensidade média(-), leve esteva, leve folha de tomate, mato, amora, cereja, mirtilo e pimenta branca.

Boca: Seco, acidez média(+), tanino áspero, álcool médio, corpo médio(+), intensidade média(+), cereja, amora, pimenta branca, pimenta preta e final longo.

Temperatura de Serviço: 17º

Condição de Prova: Sem acompanhamento de comida.

Projeto: A empresa Wine & Soul foi criada em 2001 por Sandra Tavares da Silva e Jorge Serôdio Borges. O primeiro vinho lançado para o mercado foi o Pintas, mas em 2009 o portefólio foi largamente ampliado pela introdução das referências oriundas da Quinta da Manoella.

Produtor: Wine & Soul

Enólogos: Sandra Tavares da Silva e Jorge Serôdio Borges

Capacidade: Standard (0,75 L.)

Data de prova: 27/5/2021

Observações: Amostra gentilmente cedida pelo produtor

Deixe uma resposta