Czar Superior 2008

RIEDEL Mind the Glass

Pico – 18% – PVP: 80 Euros

É um vinho que naturalmente atinge 18% de graduação e às vezes mais. Essa virtude, deve-se às características peculiares das uvas de que é feito, Verdelho, Arinto dos Açores e Terrantês do Pico, ao tipo de solo de pedra vulcânica (lajido) e à desfolha realizada alguns dias antes da vindima tardia.

Esta referência provém de uma vinha centenária que se encontra na zona dos lajidos da Criação Velha, da ilha do Pico,.

O nome ‘Czar’ foi atribuído porque após a revolução Russa, em 1917, foi encontrado vinho licoroso da ilha do Pico nas caves do palácio do último Czar, Nicolau II.

Castas: Verdelho, Arinto dos Açores e Terrantês do Pico.

Aspeto: limpo, intensidade média e âmbar.

Nariz: intensidade média, iodo, pedra molhada, salino, resina, fruta cristalizada e tisana.

Boca: doce, intensidade média(+), corpo médio(+), acidez alta, viscoso, salino, fruta caramelizada e final longo.

Produtor: Czar

Conclusão: Quando o cheirei estranhei mas quando o degluti já se tinha entranhado o gosto por este tipo de vinho dos Açores.  Uma referência completamente fora da caixa.

Condição de Prova: Sem acompanhamento de comida

Data de prova: 17/11/2018

Deixe uma resposta