Casa de Santar Outono de Santar Colheita Tardia 2016

RIEDEL Mind the Glass

Dão – 13% – PVP: 20 Euros – Nota: 90/18

Nesta referência destacam-se os aromas da botrytis, a fruta de caroço, o mel, a cera de abelha e o biscoito. No palato mostram-se os sabores a fruta de caroço, mel, leves especiarias e leve manteiga. A acidez bem presente empresta frescura ao lote. Final longo.

Uma interessante e competente reinterpretação, à moda do Dão, de um tipo de vinho reconhecido internacionalmente.

Vinificação: As uvas foram desengaçadas totalmente. A prensagem pneumática apenas aproveitou 20% do sumo da uva e a fermentação ocorreu em barricas de “segundo uso”. O vinho estagiou em barricas usadas, com “battonage”.

Castas: Encruzado (90%) e Furmint (10%).

Aspeto: Pálido e amarelo-claro.

Nariz: Intensidade média(+), leve flores brancas, botritis, pêssego, mel, biscoito, cera de abelha, leve pimenta branca e pedra molhada.

Boca: Seco, acidez alta, álcool médio, corpo médio, intensidade média(+), pêssego, mel, leve pimenta branca, leve manteiga, biscoito e final longo.

Produtor: Global Wines.

Projeto: A Casa de Santar foi fundada no final do século XVIII, é uma das mais icónicas vinícolas do Dão. A Casa de Santar possui o maior terreno contínuo do Dão, com 103 hectares, 83 de variedades tintas e 20 de variedades brancas.

Enólogo: Osvaldo Amado

Condição de Prova: Ao jantar.

Capacidade: Meia garrafa (0,375 L)

Temperatura de Serviço: 18º

Data de prova: 2/12/2021

Observações: Amostra gentilmente oferecida pelo produtor.

1 Comment

Deixe uma resposta